Home Ads

Estreia de 2018

05:54:00
  Créditos: site Botafogo

Terça-feira, 16 de janeiro de 2018, o Botafogo estreia jogando contra a Portuguesa pelo Campeonato Carioca, no estádio Nilton Santos. Ainda permanecendo com os atuais patrocinadores na camisa do Glorioso.

O time entrou em campo com a escalação: Jefferson, Arnaldo, Carli, Rabello, Gilson, Matheus Fernandes, João Paulo e Leo valencia. Ao comando do treinador substituto de Jair ventura. Felipe Conceição o auxiliar técnico do clube.

Aos quatro minutos, Sassá abre o placar para a Portuguesa.

Fora da área, Sassá empurra a bola para dentro do gol do Jefferson fazendo o seu segundo no jogo.

O goleiro pede desculpas a torcida, o que não justifica seu erro mesmo tendo feito seu jogo de número 437 pelo Glorioso.

Após levar o segundo gol, o time se mostra mais uma vez desesperado e não olha para os lados em busca de ajuda.

A Portuguesa consegue chegar muito fácil na área do Botafogo, são passes muito mais certos e entrosados.

Isso se deve a um período mais longo de preparação. Porém o Alvinegro não é um time novo que não sabe o que fazer.

A pergunta que fica é a seguinte: até quando os erros?

Aos 47, nosso goleiro faz uma boa defesa arrancando aplausos da torcida.
Antes do segundo minuto do segundo tempo, sai o primeiro cartão amarelo da partida à Portuguesa, originando falta a favor do Glorioso.
Em uma das boas chances de gol a favor do Botafogo, Romarinho cava um pênalti colocando a mão na bola.

Aos 8 do segundo tempo, Brenner converte o placar em 2 a 1.

Luiz Fernando teve uma chance linda de empatar o jogo. Saiu uma jogada boa. Concluo que após o primeiro gol o Botafogo começou a jogar para ganhar.

O número baixo de torcedores que compareceu ao estádio empurrou o time não deixando de gritar. Ezequiel entra junto com a vibração da torcida e Pimpão sai com as vaias.

O Botafogo conta com um elenco antigo ao qual a torcida já está acostumada. Nós sabemos que podem mais. Não se trata apenas do clube não ter conseguido treinar o suficiente e sim pelo mal incio de temporada.

Falta ainda garra e vontade aos que ficaram.

Cartão amarelo para João Paulo e Jhonatan após uma briga com golpes de ambos os lados. A arbitragem atuou bem e foi bastante satisfatória durante todo o jogo.

Sem dúvidas, o Botafogo teve uma melhor atuação no segundo tempo e aí coisas que acontecem somente ao Botafogo: no último lance do jogo, Marcos Vinicius salva o Glorioso da sua derrota na estreia.

Ficamos menos desconfortáveis com o empate. Podemos dizer que é melhor do que perder.

Teremos um caminho longo nesse carioca para fazermos bonito.

4 comentários:

  1. Parabéns pelo texto e iniciativa Muito coerente
    Sucesso Gisele .

    ResponderExcluir
  2. Botafogo tem muito ainda pela frente , não é um elenco competitivo , mas acredito que com sua determinação vamos pelo menos chegar alguma final e quem sabe algum titulo de expressão,para que haja essa tal determinação o Botafogo terá que vê os erros e corriji-los , eu assistir ao jogo e vi que o erro ainda esta no individualismo de cada um que pega a bola , não temos um jogador experiente e rapido , a falta de jogadores é que faz os erros !!

    ResponderExcluir
  3. Bem colocado, Marcos. Quando não sabem o que fazer acabam rifando a bola no individualismo.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.